filho empreendedor

Brincadeira de criança pode formar um adulto empreendedor

5 (100%) 6 votes

O acesso à informação hoje é um dos grandes fatores para nossas crianças do século XXI ser mais atentas às novidades, mais assertivas em suas decisões e mais curiosas em todas as situações que as envolvam. Estimular o senso empreendedor ainda na infância faz com que as crianças cresçam com mais comprometimento, autoconfiança e uma maior capacidade de ultrapassar obstáculos e estabelecer objetivos para a fase adulta.

Estimular a criança ao empreendedorismo pode fazer com que ela seja um adulto mais seguro de suas decisões e fazer com que ele possa desenvolver outras características que irão auxiliá-lo no desenvolvimento de seus projetos. Dentre elas podemos citar:

1- Auto-valorização
2- Controle sobre a própria vida
3- Liderança
4- Auto gerência e responsabilidade
5- Aplicação de habilidades no dia a dia
6- Motivação
7- Comunicação
8- Resolução de problemas

Acredita-se que ao estimulado o empreendedorismo ainda na infância, pode-se formar um adulto empreendedor. Quando falamos de estimulo empreendedor na infância, estamos falando de estimular uma fase própria da criança que é criativa e sonhadora por si só.

Segundo educadores, é entre seis e dez anos que a criança entra na idade do fazer, do produzir, do executar. Sendo assim, os pais podem contribuir para auxiliar os filhos no desenvolvimento do seu espírito empreendedor pensando e agindo para isso, estimulando com ideias inovadoras e instigando a criatividade da criança. É importante que os país estimulem os filhos a colocar em prática suas ideias e a prosseguir perante possíveis dificuldades, utilizando para isto brincadeiras lúdicas e adequadas a cada fase da criança.

Fernando Dolabela , autor de Pedagogia Empreendedora , acredita que é na família que a criança encontra o ambiente mais propício ao empreendedorismo e que a escola reforça isso. Por este motivo é importante mudar a cultura escolar, que hoje não prepara a criança para empreender, prepara para o emprego, para a estabilidade e não para correr riscos. Por isso, é tão importante a participação da família no estímulo as crianças e na participação da vida escolar, inclusive na sugestão de metodologias voltadas para o empreendedorismo, e não uma moldagem para se tornar um mero empregado na vida adulta.

Ajudar uma criança a ter uma atitude empreendedora fortalece a sua autonomia, a sua criatividade e a sua esperança em transformar sua ideia em realidade. Saber estimulá-las em seu mundo de brincadeiras, sonhos e conquistas, é saber preparar ela melhor para o que vai vir.  Este é um dos caminhos para criarmos crianças mais seguras e preparadas para governar o mundo de amanhã.

1 Comment

  • empregos agronomia

    Meu irmão sugerido eu poderia assim blog . Ele era inteiramente certo.
    Este post na verdade fez o meu dia. Você não pode imaginar
    só quanto tempo tinha passado por isto informação!
    Obrigado!

  • Write a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.